Acupuntura

A História

A acupuntura é um dos tratamentos de saúde mais antigos de que se tem notícia e teve sua origem na China, há mais de 3.000 anos. As raízes de sua filosofia estão nos ensinamentos tradicionais do Taoísmo, que promove a harmonia entre os homens e o mundo a seu redor, assim como o equilíbrio entre o yin e o yang.

A mais antiga menção ao termo “acupuntura” pode ser encontrada no tratado “The Nei Jing Yellow Emperors Classic of Internal Medicine”, de Huang Di, que data de cerca de 300 A.C., (Livro do Imperador Amarelo). O livro descreve várias doenças, suas origens e descrições de pontos da acupuntura. Em 260 D.C., o famoso médico Huang-Fu Mi compilou um texto de 12 volumes descrevendo a acupuntura, chamado de “Zhen Jiu Jia Yi Jing Comprehensive Manual of Acupuncture and Moxibustion”. O livro descreve muitos dos pontos que são utilizados ainda hoje, explicando sobre onde e em qual profundidade inserir cada agulha.

Nas últimas três décadas, a acupuntura ganhou ainda mais impulso e credibilidade. Hoje em dia, por exemplo, há diretrizes oficiais que regem sua utilização, além de sociedades organizadas por profissionais capacitados em acupuntura.

As Técnicas

Acupuntura Sistêmica –

Refere-se à inserção de agulhas através da pele nos tecidos abaixo dela, em diferentes profundidades e em pontos específicos do corpo localizados nos principais meridianos, para produzir o efeito terapêutico desejado. Há alguns anos as agulhas utilizadas nesta técnica passaram a ser exclusivamente descartáveis.

Acupuntura Estética –

Refere-se a utilização de técnica de acupuntura voltada para a área da estética utilizando Eletroacupuntura/Eletroestimulação, Laserpuntura e Laserterapia,buscando um melhor resultado, sem a necessidade de intervenções agressivas com resultados excelentes.

Acupuntura Auricular -

A acupuntura auricular ou aurículo acupuntura é uma técnica da acupuntura que se utiliza de pontos específicos localizados no micro-sistema do pavilhão auricular (orelha). Pode ser utilizada micro agulhas que ficam inseridas alguns dias nos pontos específicos ou sementes aderidas a pequenos esparadrapos, modalidade mais utilizada hoje em dia, proporcionando o mesmo efeito terapêutico.

Cranioacupuntura –

A Cranioacupuntura utiliza pontos específicos localizados na cabeça (microsistema) desenvolvido por um médico japonês, também conhecida como Craniacupuntura de Yamamoto.

Corioacupuntura -

A Corioacupuntura, utiliza pontos localizados no microssistema das mãos, muito utilizada e desenvolvida na Coréia.

Eletroacupuntura –

A Eletroacupuntura utiliza a energia elétrica juntamente com a acupuntura através de aparelhos específicos que são conectados às agulhas ou não. A técnica potencializa a ação da acupuntura para o tratamento de patologias específicas.

Laserterapia -

Uso de Laser de baixa potência tem a finalidade de estimular os diversos tecidos (células) a se regenerarem através da ação de fótons que estimulam as estruturas celulares a se reorganizarem. Ela é usada numa grande gama de patologias e sintomas, na reparação tecidual, na reabilitação, na regulação neuroimunoendócrina, na estimulação do sistema nervoso periférico, no controle da dor, na estética, no esporte, na dermatologia e podologia.

Moxabustão –

A Moxabustão consiste no processo de queima da erva medicinal Artemísia, colocada sobre os pontos de acupuntura liberando a produção de calor penetrante. Ela é utilizada como complemento da acupuntura.

Ventosaterapia –

A técnica utiliza recipientes de vidro ou plástico que promove a sucção da pele e tecidos subjacentes. Esta sucção elimina as aderências entre a pele e a musculatura, ativa a circulação, descongestionando o fluxo de energia e sangue nos meridianos.

O que o paciente sente –

As agulhas têm a espessura de um fio de cabelo e são feitas de aço inoxidável sólido. Pode ser que você sinta uma leve dor no momento em que as agulhas forem inseridas, ou um peso, dormência, mas após terem entrado, o desconforto deve passar. Algumas pessoas dizem que se sentem relaxadas durante a sessão de acupuntura.

As agulhas permanecerão no seu corpo um tempo médio de 20 minutos. Enquanto as agulhas permanecem na sua pele, o profissional pode girar, aquecer ou aplicar estímulos elétricos nelas.

Tempo de tratamento –

A maior parte das pessoas passa por sessões semanais ou de acordo com a sua necessidade, dependendo do problema que está sendo tratado. No início, pode ser que você deva realizar sessões mais freqüentes, e à medida que os seus sintomas melhoram, elas passam a se tornam mais intercaladas, podendo realizar sessões de manutenção.

Segurança –

A acupuntura é considerada muito segura. É muito importante se tratar somente com acupunturistas habilitados.

Os efeitos colaterais mais comuns da acupuntura são dor, sangramentos leves, irritação. Algumas pessoas podem se sentir cansadas ou tontas após uma sessão. E em casos muito raros, podem ocorrer complicações mais sérias, quando realizadas por profissionais não habilitados.

Vale lembrar que, apesar de sua segurança geral, a acupuntura não se destina a todos. As pessoas que têm doenças relacionadas a sangramento ou que estão tomando anticoagulantes, não devem passar por esse tipo de tratamento. Além disso, ela não é recomendada (Eletroacupuntura) para pessoas que têm marca-passo, dispositivos elétricos implantados ou bombas de infusão.

Indicações

A seguir algumas das indicações onde se utiliza a acupuntura.

Asma, bronquite, dores de várias etiologias (osteo-articulares, síndrome do túnel do carpo, fibromialgia, epicondilite, lombar, artrose, de cabeça, enxaqueca, ombralgia, cólicas menstruais), prisão de ventre, diarréia, náuseas, sinusite, renites, estresse, ansiedade, distúrbios emocionais, reabilitação pós-derrame, distúrbios do trato urinário, obesidade.

Obs.: As patologias descritas acima são algumas dentre diversas tratáveis pela acupuntura.

Sobre o Site

Este site tem o objetivo de divulgar notícias sobre a acupuntura, técnica milenar chinesa voltada para a saúde e bem estar da população e o atendimento de pacientes através do Dr. Márcio Ferreira.

  • Ana Célia: Também tenho neuropatia periférica gostaria de saber se a acumpultura da resultados já tomei var [...]
  • Luiz Antonio Pirovani: Meu filho tem problemas de deficit de atenção; e agora esta aparecendo um sintoma de esquizofrenia [...]
  • Sonia Reis: Gostaria de manter contato com Márcia Versiani , para saber quais fitoterápicos que ela usa! Por f [...]
  • Vitor Costa: Bom dia, Gostaria de saber onde fazer este tratamento de acupuntura em Portugal. Preferência zona [...]
  • Elisangela: Sueli! minha mãe também toma lyrica de 75 mg. Ela tomou a muito tempo o cabamazepina, mas quase mo [...]