Stiper uma nova alternativa

In: Notícias sobre Acupuntura

18 jan 2011

STIPER (Stimulation and Permanency)

São pastilhas macias de algodão, produzidas com Quartzo Micronizado (SiO2), depositados e ordenados em manta hipoarlegênica, tendo sua concentração por mm2 pré-determinada e granulometria rigidamente controlada. É produzido com 100% de quartzo.

Para entender o funcionamento do quartzo, é importante saber que a cristalografia sempre teve destaque em várias áreas comprovadamente. Se analisarmos sob o ângulo científico, observamos que o quartzo, ou dióxido de silício (SiO2), está sempre presente quando necessitamos enviar e receber ondas, ordenar e ler freqüências e ainda quando queremos obter a mais absoluta precisão de medidas, imagens, sons e tempo.

O silício é o elemento mais abundante na Terra, 60% da camada da Terra é constituída de compostos de silício, portanto é um elemento que nós estamos habituados à ele, convivemos com a sua presença! Tudo que tocamos e é natural tem silício.

Mais de 3% de nossa constituição orgânica, como derme, epiderme, músculos, nervos, ossos e órgãos são constituídos de silício, e, sendo assim, concluímos que o Stiper, por ser 100% silício micronizado, não é uma substância desconhecida do nosso organismo.

O silício em forma de quartzo é o mais potente ordenador de ondas e freqüências que se conhece, por isso, é utilizado em equipamentos e aparelhos de alta precisão. Portanto, o Stiper oferece todos os benefícios energéticos para se obter equilíbrio mental e físico, ou seja, o perfeito reordenamento das freqüências e de ondas.

Aliando a cristalografia e todas as terapias que se utilizam de cristais, os ensaios científicos comprovaram a eficácia dos mesmos no reordenamento de ondas e freqüências. Descobriu-se após décadas que na acupuntura, o Stiper poderia ser mais uma opção de “ferramenta” para essa forma de terapia, dando ao profissional e paciente mais opções para tratamentos, podendo substituir em casos especiais, os tradicionais métodos utilizados na acupuntura com os mesmos resultados.

Essa técnica está em prática há mais de 10 anos em vários países da comunidade européia, e agora no Brasil desde 2005. O Stiper se aplica em diversas situações, trabalhando os desequilíbrios energéticos em locais de dor. Ele energiza e seda ao mesmo tempo, atendendo as desordens energéticas.

A sua utilização na Acupuntura e Auriculoterapia por ser macio não incomoda, pode ser fracionado em até 1/8 de seu tamanho sem perda de potência. Poderá ser fixado no corpo (ponto) por até 5 dias sem perda da função. Pode ser molhado não perdendo a sua eficácia. Não há contra-indicação, não é um método invasivo.

Comente Aqui!

Sobre o Site

Este site tem o objetivo de divulgar notícias sobre a acupuntura, técnica milenar chinesa voltada para a saúde e bem estar da população e o atendimento de pacientes através do Dr. Márcio Ferreira.

  • Ana Célia: Também tenho neuropatia periférica gostaria de saber se a acumpultura da resultados já tomei var [...]
  • Luiz Antonio Pirovani: Meu filho tem problemas de deficit de atenção; e agora esta aparecendo um sintoma de esquizofrenia [...]
  • Sonia Reis: Gostaria de manter contato com Márcia Versiani , para saber quais fitoterápicos que ela usa! Por f [...]
  • Vitor Costa: Bom dia, Gostaria de saber onde fazer este tratamento de acupuntura em Portugal. Preferência zona [...]
  • Elisangela: Sueli! minha mãe também toma lyrica de 75 mg. Ela tomou a muito tempo o cabamazepina, mas quase mo [...]